Destroços e Remorsos

A voz já faltava, agora eram apenas gemidos. As cordas vocais estavam já desgastadas de tanto chamar por ela, de gritar e berrar, de clamar o seu belo nome no meio da escuridão.

Sentia os destroços à sua volta, causados por guerras passadas, climas violentos e pela burrice humana.

De cidade passou a local de destruição e remorsos, poucos havia por lá e, os que havia, não estavam em si, tudo aquilo tinha acontecido na noite, num minuto está lá tudo, no outro, nada!

E ele, ele no meio dos destroços, no meio dos seus remorsos, ali ficou a insistir, a chamar aquele nome, o nome da sua Amada.

Desistiu, e com isso ficou estendido, naquele imundo pedaço de terra. Moribundo ali acabou a vida que tinha pela frente. Morreu.

A Vida acaba quando se deixa de lutar por aquilo em que se acredita


17 comentários:

Lita disse...

Palavra de ordem, lutar, lutar, lutar e acreditar sempre que vamos sair vencedores.

Eu acredito todos os dias.

Um beijo,
Lita

Ana Guedes disse...

acreditar até ao fim: mudo. lutar sempre: sem que a voz cale. sem que o coração deixe de sentir, deixe de se sentir, de se fazer ouvir.

um beijinho *

Pérola disse...

Sem dúvida, morrer não é só estar morto. È também deixar de viver.

beijinho!

Filipa Vaz disse...

Até porque "O sonho comanda a vida"...
A vida sem sonhos (objectivos) não é vida!

Mafalda disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
cacau disse...

muito giro, para variar :) tens uma maneira muito peculiar de dizer o que queres! parabéns! beijinho

Vandinha disse...

Quem nunca pensou em desistir que atire a primeira pedra. Pensar em desistir não é nada de que nos devemos envergonhar. Claro que se nos virem como pessoas fortes e determinadas alcançaremos mais depressa os nossos objectivos mas, nem todos os objectivos implicam lutar.... Há alturas na vida em que as coisas boas nos acontecem quando desistimos de as procurar.


Beijinho
Vandinha ***

Ana Guedes disse...

(um obrigada pela chamada de atenção para o erro lol, e um beijinho*)

Retalhos de Sonhos disse...

Estamos em sintonia ? x)

Gostei bastante do texto. BASTANTE

Rafeiro Perfumado disse...

Se bem que quando o SLB perde a sensação é parecida...

Girafa cor de rosa disse...

Ui, estamos profundos! Ele não se devia ter deixado morrer, a amada não iria querer, ó que desespero! Isso foi um pesadelo?!:))bjs.

seni disse...

Posso-te contar um segredo? Tenho esse texto guardado numa pasta secreta, onde ponho todos os textos que por alguma razão achei especiais.
Muito mais 'agressivo' que o que costumas escrever. Pessoalmente, o meu preferido.

Hydrargirum disse...

E com a última frase

"A Vida acaba quando se deixa de lutar por aquilo em que se acredita"....

Disseste tudo....

Que lutemos sempre!:)

Abraço:)

Pólvora disse...

Como é verdade aquilo que dizes, estranha a passagem por esses destroços agora...em que só encontro os "mortos"...aqueles que nunca quiseram viver.

A Túlipa disse...

Isso ou continuar a berrar até à loucura.
Seremos mortos ou loucos.

'

kikas disse...

gostei mt! a serio.



" O sonho é o que move a força humana."


bjO mt grnd

KIkas

Ka disse...

Sem dúvida nenhuma que a frase final é totalmente acertada!!!

Beijinho e um exceletne dia

ps - vim cá parar via mfj e gostei :)

Enviar um comentário